Piemonte da Chapada Diamantina

Serra da Fumaça

Situada na região do Piemonte da Chapada Diamantina, distante cerca de 200 km de Juazeiro, o município de Pindobaçu era, nos seus primórdios, habitadas pelos índios Pataxós, sendo seu nascimento oficial pela união em 1920, oriundos das rotas do garimpo e das missões jesuítas que visavam catequizar os índios na região. Sua miscigenação foi muito intensa e, até nos dias de hoje são encontrados descendentes legítimos e com forte identidade cultural, utilizando vários dos seus costumes e métodos herdados. No seu interior, Pindobaçu esconde encantos que vão além de fortes trilhas em meio à densa vegetação.Banhada pelo Rio Fumaça, a Serra da Fumaça, nosso principal roteiro de aventura, fica localizada no interior de Pindobaçu, especificamente na Vila de Lutanda, com altitudes que chegam a 2.000 metros junto com um clima quente/frio (dependendo da época do ano) e úmido, a sua natureza é privilegiada por sua geográfica e sua abundancia hídrica pois, no topo de suas serras, estão várias nascentes de rios perenes com águas escuras (ricamente composta por matéria húmica e possivelmente complexos húmicos-ferrosos provenientes da decomposição de restos vegetais) e frias, que no andar do seu curso natural, vão descendo os montes na forma de belíssimas cachoeiras e vários lagos todos com grandes alturas e elevadas profundidades, enchendo a região de uma vasta biodiversidade de fauna e flora. Também vale destacar que Lutanda tem uma população de aproximadamente 2.000 habitantes, sendo seus moradores trabalhadores humildes e de forte receptividade ao turista.
O Ecoturismo na Serra da Fumaça é realizado através de uma trilha pesada, com duração em torno 5h (cinco horas). A trilha tem início a partir da Vila de Lutanda seguindo pela direção do Rio Fumaça onde subiremos três serras com florestas densas até chegar ao cruzeiro, onde se tem uma vista panorâmica de toda a região e da Cachoeira das Sete Quedas, vale destacar que a subida até aí é muito íngreme e desgastante. Após o cruzeiro continuaremos o percurso em uma trilha plana até chegarmos à Cachoeira da Fumaça, local em que montaremos o acampamento e aproveitaremos o local durante o restante do dia. Inicia-se o segundo dia de aventura desmontando o acampamento, fazendo um café da manhã reforçado e partindo para a trilha até a Cachoeira Véu de Noiva e Cachoeira das Sete Quedas, todas com duração de 30min (meia hora), com previsão de pegar a trilha de volta sempre às 12h30min (doze horas e meia) para que estejamos na Vila de Lutanda às 17h (dezessete horas) e assim retornemos a cidade Juazeiro. A trilha é feita sempre com acompanhamento de um guia credenciado, assistência no caso de dificuldades e, antes da partida, é sempre feito uma comunicação direta com o aventureiro para nos informarmos se ele realmente está preparado para realizar a aventura.


As cachoeiras mais famosas da Serra da Fumaça são a Cachoeira da Fumaça (localizada no topo da serra), Cachoeira Véu de Noiva (Localizada abaixo da Cachoeira da Fumaça) e Cachoeira das Sete Quedas (Localizada abaixo da Cachoeira Véu de Noiva) com sua altura equivalente a 230 metros.

Obs: Mais informações sobre o trekking da Serra da Fumaça gentileza contate a Adventure Valetur pelo telefone e whatsapp (74) 98856-5976.


Vila de Itaitú

Situada na região do Piemonte da Chapada Diamantina, distante cerca de 300 km de Juazeiro, a Vila de Itaitú nasceu oficialmente em 1944 oriundos das contínuas buscas de aventureiros por ouro na região. Localizada no interior de Jacobina, entre as Serras de Jacobina, com altitudes que chegam a 1.280 metros junto com um clima quente e úmido, a Vila de Itaitú é privilegiada por sua geográfica que propicia o surgimento de várias nascentes perenes, de águas escuras (ricamente composta por matéria húmica e possivelmente complexos húmicos-ferrosos provenientes da decomposição de restos vegetais) e frias, em cima das serras que, no andar do seu curso natural, vão descendo os montes na forma de belíssimas cachoeiras e vários lagos em seu caminho com as mais variadas alturas e profundidades, enchendo a região de uma vasta biodiversidade de fauna e flora. Também vale destacar que a Vila de Itaitú uma população de aproximadamente 8.000 habitantes, o que leva a existência de mercadinhos, pousadas, restaurantes, igrejas, enfim, tudo que tem em qualquer cidade e com um diferencial para as outras áreas turísticas, o preço baixo.


Obs: Mais informações sobre a viagem à Vila de Itaitú gentileza contate a Adventure Valetur pelo telefone e whatsapp (74) 98856-5976.

Cachoeira dos Payayás

Reconhecida como a cachoeira com maior espelho d'água da Bahia, a Cachoeira dos Payayás tem a origem de seu nome advinda da antiga tribo dos Payayás, um dos primeiros habitantes da região. A tribo pertence ao grupo dos Tapuais (povos que não falavam Tupi).

Obs: Mais informações sobre a viagem à Cachoeira dos Payayás gentileza contate a Adventure Valetur pelo telefone e whatsapp (74) 98856-5976.

© 2017 ADVENTURE VALETUR - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
CNPJ: 24.219.500/0001-87 / RUA JOB MARQUES DA SILVA N° 38, BAIRRO: JARDIM NOVO ENCONTRO, CEP: 48.905-590 - JUAZEIRO (BA) / EMAIL: ADVENTUREVALETUR@GMAIL.COM / CONTATO: (74) 98856-5976